sábado, 29 de julho de 2017

Cruz das Almas 120 anos! Salve 29 de Julho


Meyre kal, radiante, emociona, ao cantar o Hino à cidade de Cruz das Almas na Praça Senador Temístocles, no desfile cívico no dia em que o município completa 120 anos!

Confira um pequeno trecho:

sábado, 1 de julho de 2017

Acontece em Cruz das Almas o concurso musical A Voz de Cruz


A CIA Teatral Falando Sério e a Casa da Cultura Galeno D’Avelírio realizam em Cruz das Almas o concurso A Voz de Cruz, hoje, dia 1° de julho o público conhecerá os selecionados para o concurso e verão em diversas fases e dias diferentes as vozes se apresentarem na disputa que descobrirá a nova e bela voz da Cidade Planalto.

Os técnicos e jurados do concurso são Jota Silveira, Beto Rebelde, Rogério Lima e Alana Sena que são músicos e artistas com histórias fortes na música da cidade, eles também tem a dura missão de conduzir as etapas do concurso até a conclusão final com a grande escolha do novo artista da terra.


Meyre Kal realizou uma oficina com os participantes para fazer uma avaliação prévia e dar umas instruções técnicas iniciais, antes do início das batalhas em si. A vasta experiência de Meyre a credencia a realizar este papel sem dúvida, porém, a mesma deixa claro em entrevista que será uma missão difícil para os jurados, visto que tem muitas vozes boas no páreo. Ela conversou com Miguel Bury logo após a realização da oficina. Vejam o vídeo abaixo postado no You Tube.


O primeiro dia do evento acontece na Casa da Cultura de Cruz das Almas, Galeno d"Avelírio, que fica na Rua Quinze de Novembro, 56, no centro de Cruz das Almas. O público terá acesso ao evento com apenas 1Kg de alimento não perecível. 

segunda-feira, 26 de junho de 2017

Beiju de Coco no Palco Carramanchão no São João de Cruz 2017

A fotografa Thuane Maria registrou Parque Sumaúma as imagens da Banda Forró Beijú de Coco abrindo o São João no Palco Alternativo Carramanchão, no Arraiá da Cultura Popular - Festa, Forró e Tradição de Cruz das Almas, na noite do dia 22 de junho.







terça-feira, 20 de junho de 2017

Cruz das Almas respira festa junina e tradição em 2017!


Com o tema “Arraiá da Cultura Popular – Festa, Forró e Tradição”, o São João de Cruz das Almas teve o seu primeiro evento cultural acontecendo para festejar a chegada do mês de junho. Foram dois dias de festividades que colocaram de vez a cidade no clima junino.






No dia 31 de maio, uma programação com muito forró pé-de-serra fez o esquenta para a população, e dia 1º de junho – data em que se comemora o Dia Municipal do Forró – a abertura oficial do São João 2017, com alvorada de fogos às 6h e logo após o Arrasta-pé Junino parou a cidade. O evento, em forma de cortejo, teve sua concentração na Praça dos Artífices e seguiu pelas ruas da cidade, com diversas manifestações populares, até a Praça Senador Temístocles, entre elas Levada da Zabumba, Zabiapunga e a Rural da Flor Serena.

 


Cruz das Almas resgata as tradições e valoriza a cultura junina, com uma programação voltada exclusivamente para atrações que tocam o forró autêntico, e se apresentarão de 22 a 25 no Parque Sumaúma.

Aconteceu também no município o Arraiá do Laranjinha, pra animar a criançada das escolas.

Em meio a tudo isso, rolou também mais uma edição do Luau do Coral no Dia dos Namorados, que foi super especial com a presença de um público sensível à boa música e apaixonado. Promovido pela Coordenação de Cultura da Pró-Reitoria de Extensão e sob direção do Maestro José Alípio Martins. Muito romantismo em clima de São João o Luau marcou a noite dos apaixonados.

Dia 18 de junho aconteceu a última edição do Projeto "Rasta Chinela". Promovido pela AMUSICA, contou com a presença do GFR - Grupo Forró Rodado (Unidade de Cruz das Almas-Ba), GAF, Forró Triângulo Dourado, as Quadrilhas Beija-flor, Ascult e Mistura Gostosa, ainda Forró Asabella, Forro da Gente, Mensageiros do Forró, Wender Mota, Carlos Nunes, Jailson Mello, Janio Santana e Arrumadinho do Forró, Tripé Salomão Fabricio Salomão, Erasmo Coelho, Danilo Cintra, Cássia Maria e Meyre Kal.

Já nesta quarta-feira, 21/06, o esquenta pro São João de Cruz vai começar com o Arrastão Fora Temer! Será puxado pela Levada da Zabumba, o público presente poderá usar sua criatividade e protestar de forma divertida e com animação!

Arrastão Fora Temer com Levada da zabumba dia 21/06

Uma grande novidade nesse São João de 2017 em Cruz das Almas é que a praça do Coreto ganhará o nome de Praça Oton Silva durante os festejos juninos, uma justa e merecida homenagem da Prefeitura local ao comunicador que faleceu em abril deste ano.

Oton Silva dará nome à praça do Coreto durante o São João de Cruz das Almas 2017


Neste ano, o local oficial escolhido para receber o evento volta a ser o Parque Sumaúma, e as apresentações estão marcadas para acontecer no período da noite. Já na Praça Multiuso e na Praça Oton Silva haverá programações em vários horários.
A expectativa de público é grande e cerca de 80 mil pessoas devem passar pela festa de São João de Cruz das Almas em 2017.
Na grade musical, será possível acompanhar shows de Elba Ramalho, Trio Nordestino, Bruno Silva & Sarapatel com Pimenta, Lucy Alves, Acarajé com Camarão, Zé Ramalho, Santana O Cantador, Flavio José, Targino Gondim, Carlos Pita, Zelito Miranda e Adelmario Coelho.
Além de Meyre Kal  & Forró Beijú de Coco, Baião de Luzia, Mala e Cuia, Forrójão, Flor Serena, Cegueira de Nó, Tempero Nordestino, Comadre Sebastiana entre outras atrações animam o São João de Cruz, confira abaixo:







Fotos e vídeo: Facebook

Sarah Oliveira é premiada com duas pratas na Copa Brasil de Paraciclismo 2017

“Muito aprendizado e uma nova história para o ano de 2017 / Grande honra estar entre os melhores atletas do Brasil” foi assim que Sarah Oliveira postou em seu Facebook que foi Prata na prova de Contra Relógio e Prata na prova de Resistência. Foram as premiações da paratleta cruzalmense Sarah Oliveira no início desse mês de junho.

Parabéns Sarah e que venham outras conquistas!

Foto: Facebook

ESTAÇÃO FORROZEIRA: em Salvador, a mais nova casa de música nordestina capitaneada por Paulo Tear

No dia 08 de junho, Salvador ganhou um novo espaço de entretenimento a “Estação Forrozeira”. A casa fica localizada em Armação, Salvador. Na festa de lançamento Del Feliz, Zelito Miranda, Forró Tear, Raimundo Sodré, Estakazero e outros nomes marcaram presença, e levaram o tradicional forró ao palco.
Sob a direção do do empresário e produtor musical Paulo Tear, que comanda a Tear Produções, o espaço tem o objetivo de atrair os adeptos do forró.
O sanfoneiro Júlio César e o cantor Raimundo Sodré, novamente, apresentaram-se no segundo fim de semana de eventos da Estação Forrozeira.
Com uma sanfona abraçada no peito e um repertório focado no genuíno forró, Julio César convidou Sandrinho do Acordeon para animarem a noite do público presente.
No sábado (17), a vez foi de Raimundo Sodré. Ao som da chula, baião e sambas o cantor subiu ao palco com outros convidados.



Foto Cruz na Lente

sábado, 13 de maio de 2017

Capa da Revista Canal em homenagem às mães

Capa da Revista Canal - edição 88

A Revista Canal em sua 88ª edição traz em sua capa Meyre Kal, em uma linda foto. A edição faz homenagem à mãe, mulher e profissional que acima de tudo, não perde a pose, conforme os editores da revista.


O canal do Facebook da Revista divulgou o seguinte texto: Mãe é palavra poderosa que toca qualquer um. É sinônimo de amor forte e incondicional. Um amor que não se baseia no sangue que se tem em comum, mas na afeição que se desenvolve no coração. É uma ligação que não se explica em palavras, mas que se demonstra em sentimentos.

Feliz dia das Mães!
Já nas bancas, a edição especial da #RevistaCanal em homenagem às mães.


Parabenizamos Meyre Kal por esta linda e justa homenagem!

A matriarca da Família Caldas, Vó Miúda, despediu-se de nós!

A mãe do comunicador e radialista Silvestre Caldas deixará saudade, com 97 anos de idade, Vó Miúda, como era carinhosamente chamada por todos, faleceu de causas naturais no início deste mês de maio. Uma senhora que sempre mostrou serenidade e centramento, levou a vida em plenitude e amor à família e aos amigos.


"A saudade será eterna... e a lembrança do seu carinho, amor e sabedoria também. Muito obrigada Vó Miúda por tudo. Sua missão foi cumprida. Só agradecer a Deus por permitir sua presença por todos esses anos!", escreveu Meyre Kal em homenagem à sua avó paterna, na página do seu Facebook.



Vá com Deus Vó Miúda!


Meyre e sua vó Miúda

Foto: arquivo pessoal Facebook Meyre Kal

sexta-feira, 21 de abril de 2017

Encontro de Sandro Becker e Meyre Kal no Encontro Nacional de Forró 2017 faz Reinadi Rodrigues Euflor fazer poesia

O encontro de Sandro Becker e Meyre Kal cantando Gatinho Angorá, aconteceu em um momento divertido e cheio de gargalhadas, que fez lembrar os bons tempos do forró de duplo sentido verdadeiro, e rendeu uma poesia de Reinadi Rodrigues Euflor.

"o forró de duplo sentido é uma rica seara para estudos de língua portuguesa, pelo emprego perspicaz dos recursos linguísticos e pela produção inteligente e divertida de sentidos, que revela o jeito irreverente do povo brasileiro de viver e lidar com seus pudores e despudores."
O DUPLO SENTIDO NO FORRÓ: ESTUDOS SEMÂNTICO-ESTILÍSTICOS de Morgana Ribeiro dos Santos (UERJ - 2012)

A poetisa Reinadi escreveu em sua página do  Facebook “Estou pensando nas alegrias e inspirações que brotaram com a minha participação com o texto/poema de abertura no #encontronacionaldoforro2017 e minha presença nos Shows na Área Verde do #ValparaísoHotel . Meu carinho poético para #tearproduções, Meyre Kal, os Organizadores do Evento e ao Cantor, Compositor Sandro Becker”.

– MENESTRÉIS DE TODOS OS CANTOS –
{Da Idade Média aos Palcos do Encontro Nacional do Forró 2017}

Ao longo da nossa história
Foram muitos os travadores
Poetas ou cantadores
Trabalhadores com glória.
Que fizeram a trajetória
Quais Menestréis da Idade Média
Numa cruzada com modéstia
De Norte a Sul, Leste a Oeste
Aportaram no Nordeste
Que em luz deixaram réstia!

E cantam nos encantando,
Esses Menestréis do Brasil!
Tão poético como um assovio
Às madrugadas varando
Deixando donzelas sonhando
Na música a ouvi-los em gorjeio
Em poema ou amoroso enleio
Tal e qual um Sandro Becker
Quando arroja o pé no breque
Haja Forró! Haja galanteio!

O cantador foi se achegando
Depois de instalado na Côrte
Todo faceiro fez a corte
Uma donzela foi convidando
Que subira ao palco iluminando
Pra com ele em parceria
Catarem e a desafia
Brilhar com ele na noite
E tal qual vento de açoite
Um vendaval de riso rugia!

Hum... Porém ele não sabia
Ser ela uma ‘gatinha angorá’
E cantava que nem sabiá.
Trazia na garganta melodia
Que toda pele arrepia
Ao soltar a voz na madrugada
Linda e, sensual e, recatada!
E Dom Juan ficara encantado
Na noite tão ovacionado
Vibrava com a doçura da Gata!

Para que o forró os aclamasse
A noite fora um deslumbre só
Na plateia não ficara grão de pó
Que do chão não se alevantasse
E ao Menestrel encantasse!
Forró e Encontro... Diversidade
Que no Nordeste é realidade
É Forró no pé, Forró de raiz;
Molejo na voz... Ginga nos quadris
– Forró –, Tropical sensualidade!

Reinadi Rodrigues Euflor
2017-04-18 às 09h09min
Cruz das Almas
Encontro Nacional do Forró 2017.

Abaixo o vídeo gravado durante o Encontro Nacional de Forró em Cruz das Almas - BA, realizado em abril de 2017 pela Tear Produções.
Imagens: Danyelle Lopes e José Alípio Martins



Federação Baiana de Futebol homenageia Oton Silva

A Federação Baiana de Futebol divulga em documento público oficial, encaminhado ao Esporte Clube Bahia uma nota de consternação pelo falecimento do radialista e comentarista esportivo Oton Silva. Em solidariedade aos familiares e amigos a FBF solicita neste documento que, nos jogos entre as equipes Bahia x Fluminense, válido pelo Campeonato Baiano de Futebol Série A e Bahia x Atlético da Categoria Sub-20 estadual, dos dias 22 e 23 de abril, respectivamente, seja obedecido um minuto de silêncio em respeito e homenagem póstuma ao comunicador e torcedor símbolo do Bahia, Raimundo Otonilson Silva Santos, conhecido como Oton Silva.


segunda-feira, 17 de abril de 2017

Sandro Becker e Meyre Kal cantam juntos

"No Encontro Nacional do Forró 2017 em Cruz das Almas com Sandro Becker, virei Selma e cantamos juntos o 'Gatinho Angorá'... rsrs super divertido. Pense num cabra que canta". Assim Meyre posta em sua página do Facebook  o registro de sua participação neste grande evento que aconteceu de 06 até 08 de abril na Cidade Planalto. Entre os nomes do evento destacam-se Além de Sandro Becker, Alcimar Monteiro, Adelmario Coelho, Maciel Melo, Zelito Miranda, Sarapatel Com Pimenta, Forrójão e Del Feliz.


Sandro Becker e Meyre Kal no palco do Encontro Nacional de Forró 2017

Sandro Becker e Meyre Kal nos estúdios da Rádio Santa Cruz FM



Foto: José Alípio Martins e Arquivo Pessoal Facebook


Raissa Caldas estreia na música e na passarela!

Há muito pouco tempo era a garotinha do papai e da mamãe, mas agora no palco, parafraseando Jorge Bem Jor, Jota Silveira cantou ao lado da agora filhona os versos “ela já não é mais a minha pequena / que pena”. Isso mesmo, não só no tamanho mais também no talento pra arte. Raissa Caldas, mais um talento da junção das famílias Silveira e Caldas.
Não tinha como enveredar por outros caminhos, foi na reabertura da programação 2017 da Casa da Cultura Galeno D’Avelírio, em abril, que a filha de Meyre Kal e Jota Silveira, Raissa Caldas teve a oportunidade de mostrar de vez logo dois talentos – modelo e cantora.

Raissa - desfilando para Pretu Massa

Raissa Caldas e Karina Oliveira - desfilando para Pretu Massa

Como modelo desfilou na passarela para o Lançamento da Pretu Massa Estamparia e Moda Afro que tem como bandeira a inclusão, diversidade e a pluralidade, foi um evento maravilhoso e emocionante, fala Meyre Kal em sua página no Facebook. Já na segunda parte do evento, estava Raissa em cima do palco, cantado, acompanhada pelo paizão, Jota Silveira, e mostrando leveza na voz e estilo peculiar, que já dá pra ver que este talento, com pouco tempo, estará super lapidado.




Desejamos sucesso a Raissa Caldas!

Fotos: Rebeca Moreno e Arquivo pessoal Facebook

domingo, 16 de abril de 2017

Homenagem a Oton Silva

Poema pra Oton Silva

Os cinquenta anos de lida
Resumiram de forma peculiar
O que ele viu da vida
No final como um Assum Preto
Não podia mais enxergar
Mesmo assim manteve erguida
Sua vontade e maneira de lutar

Tinha título de abusado
Atentado, teimoso e brincalhão
Não passava, nunca, despercebido
E ainda foi mestre na Comunicação

Sua forma de ver o mundo
Era fazendo o outro sorrir
Quem diria que esse Raimundo
Tão cedo ia partir?

Oton Silva era a sua graça
Marta e Maria, sua herança
Era filho de uma “Lorinha”
Luciana, o amor, que nunca cansa

Amigo de verdade
Que da guitarra baiana era fã
O Bahia, minha porra! Sua paixão
E com o sorriso, sempre, no rosto
Não sabia, nunca, dizer não

Cruz das Almas te recebeu
Em sua história como um filhão
Só que agora, ficamos órfãos
Do nosso amado-amigo-irmão.
  
Wagner Gomes / Waguinho
15/04/2017

Foto: Facebook (arquivo pessoal Luciana Lordelo)

sexta-feira, 14 de abril de 2017

Oton Silva vai deixar muitas saudades!

Com muito pesar, informamos o falecimento do radialista, comunicador, comentarista esportivo, engenheiro agrônomo e amigo Raimundo Otonilson Silva Santos, conhecido como Oton Silva. Um guerreiro que até os últimos dias de sua vida sempre manteve em si a capacidade de fazer todos a sua volta sorrirem.
Silvestre Caldas, pai de Meyre Kal, o considerava um filho, e toda a família Caldas mais um membro da família. Ele faleceu, dia 13 de abril de 2017, aos 50 anos, e deixou duas filhas e esposa.
Vá em paz Oton!
Foto: Arquivo pessoal

domingo, 19 de março de 2017

Imagens do show Elas Cantam, na noite de ontem na Biblioteca de Cruz das Almas

Nos registros de Thuane Maria e Jota Silveira, as imagens do show que emocionou e homenageou às mulheres.
Confira!
















sábado, 18 de março de 2017

Show com cantoras em noite de premiações na Biblioteca de Cruz das Almas!

Alana Sena, Priscila Sales , Meyre Kal, Sandra Senna, Mari Brandão e Cássia Maria

Neste sábado (18/03) acontece na biblioteca municipal de Cruz das Almas, a partir das 19hs, mais um evento em homenagem às mulheres com a entrega do prêmio Carolina Maria de Jesus. Mulher que nasceu em Sacramento, Minas Gerais, numa comunidade rural onde seus pais eram meeiros. Moradora da favela do Canindé, zona norte de São Paulo, ela trabalhava como catadora e registrava o cotidiano da comunidade em cadernos que encontrava no lixo. Ela é considerada uma das primeiras e mais importantes escritoras negras do Brasil. Será homenageada dando nome ao prêmio pra mulheres que também tem histórias de lutas e destaques em Cruz das Almas.

Para abrilhantar a noite, as mulheres da música depois assumem o comando e "Cássia Maria e Que banda é essa?" dividem a noite com o show "Elas cantam" com: Alana Sena, Meyre Kal, Priscila Sales, Mari Brandão e Sandra Senna, todas acompanhadas pela banda Gan. O evento é promovido pela Prefeitura Municipal de Cruz das Almas, através da Secretaria de Políticas Especiais e a entrada é franca.

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Riachão é tema de livro infantojuvenil escrito pela cantora Vania Abreu


O sambista Riachão é a nova personalidade baiana homenageada pela coleção infantojuvenil Eu Vim da Bahia. O livro, Eu e meu lugar, marca a estreia da cantora Vania Abreu como escritora. A publicação tem noite de autógrafos, na próxima quinta-feira (9), às 19h, no estande da editora, no piso L1 do Shopping Barra. Além de tarde de autógrafos no domingo (12), a partir das 15h, no Mercado Iaô, na Ribeira. Nos dois momentos, o público contará com a presença do próprio Riachão. O livro, ilustrado pelo artista plástico Mike San Chagas, não é uma biografia tradicional, pois mistura ficção e histórias da vida do sambista. A publicação foi impressa em papel sintético produzido a partir de plásticos reciclados pós-consumo, assim os demais livros da série.

Com uma carreira consolidada na música, Vania Abreu estreia como escritora homenageando o sambista Riachão e contando uma história que fala sobre a importância das pessoas conhecerem e se identificarem com a cultura e a história dos lugares onde vivem. “A experiência de escrever Eu e meu lugar foi enriquecedora. Um convite literário que veio de encontro ao desejo de dizer outras coisas que não cabem na música e que haviam surgido junto ao trabalho musical que havia feito com Riachão”, explica a cantora. “Estou muito emocionada, engrandecia e muito feliz de ter feito esse trabalho, mais até do que ter lançado um disco (risos), apesar de não ter pretensão de me tornar uma escritora, estou muito feliz e realizada de ter aceitado o convite de escrever sobre alguém que eu sou fã e admiro”, conclui.

O livro tem edição pela Caramurê Publicações e patrocínio da Braskem e do Governo do Estado da Bahia, através do Programa Estadual de Incentivo à Cultura, o Fazcultura, das Secretarias da Fazenda e de Cultura do Estado. Segundo o superintendente de Promoção Cultural da Secult, Alexandre Simões, o Fazcultura concede benefícios fiscais no ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços) para empresas que queiram investir nas diversas atividades culturais no Estado. “A dimensão econômica dessa atividade é fundamental porque movimenta as cadeias produtivas. O segmento da música, por exemplo, é uma cadeia que se relaciona com o turismo e atrai para a Bahia, a partir destas expressões artísticas, pessoas que geram renda e distribuem riquezas”. Segundo Vania Abreu, essa parceria entre o governo e a iniciativa privada é um encontro ideal. “Não dá pra separar as pessoas do Estado e das empresas. E reunir essas simbologias para gerar produtos como esse, que agregam cultura às pessoas é algo que deve durar. Pois acredito que a cultura transforma as pessoas em seres humanos melhores” ressalta.

Eu vim da Bahia
Eu e meu lugar é o sétimo livro da coleção Eu vim da Bahia, lançada em 2015 pela Caramurê Publicações. Os livros anteriores retratam personalidades como: Anísio Teixeira, Ana Nery, Castro Alves, Milton Santos, Theodoro Sampaio e Tia Ciata. “Após o lançamento desta coleção pudemos perceber o quanto é necessário o resgate dessas personalidades, que muitas vezes não tem o devido reconhecimento do grande público”, ressalta Fernando Oberlaender, editor da Caramurê Publicações.

Ele lembra, ainda, que os livros do Eu Vim da Bahia já foram adotados em várias escolas particulares e despertam no leitor a importância de valorizar a cultura do estado, que vai além do folclórico e do turístico. “Também o fato de ser impresso em plástico reciclado provoca no jovem uma consciência ambiental fundamental neste momento da humanidade”, afirma Oberlaender.

O gerente de Relações Institucionais da Braskem na Bahia, Hélio Tourinho, explica que faz parte da estratégia de atuação social da empresa o apoio à cultura e às artes, como forma de contribuição para o desenvolvimento humano. “Ao patrocinarmos a coleção infanto-juvenil Eu Vim da Bahia, a Braskem espera contribuir para expandir o acesso do público baiano às histórias de importantes personalidades do Estado, além de difundir a utilização do Vitopaper®, um papel inovador produzido a partir de plástico reciclado pós-consumo”, ressalta.

FAZCULTURA – Parceria entre a SecultBA e a Secretaria da Fazenda (Sefaz), o mecanismo integra o Sistema Estadual de Fomento à Cultura, composto também pelo Fundo de Cultura da Bahia (FCBA). O objetivo é promover ações de patrocínio cultural por meio de renúncia fiscal, contribuindo para estimular o desenvolvimento cultural da Bahia, ao tempo em que possibilita às empresas patrocinadoras associar sua imagem diretamente às ações culturais que considerem mais adequadas, levando em consideração que esse tipo de patrocínio conta atualmente com um expressivo apoio da opinião pública.


SERVIÇOS
Lançamento do livro Eu e meu lugar, de Vania Abreu
Coleção: Eu vim da Bahia
Noite de autógrafos: quinta-feira, dia 9/02, às 19h,
Local: estande da Caramurê Publicações, no Piso L1 do Shopping Barra
Tarde de autógrafos: domingo, dia 12/02, das 15 às 17h
Local: Mercado Iaô, na Ribeira
Páginas: 32
Valor: R$ 34,00
Vendas: No estande da Caramurê no Shopping Barra. Depois do lançamento nas livrarias da cidade.

Fote: http://www.cultura.ba.gov.br/2017/02/12952/Riachao-e-tema-de-livro-infantojuvenil-escrito-pela-cantora-Vania-Abreu.html

sábado, 4 de fevereiro de 2017

Meyre Kal é clicada por Thuane Maria no Samba Cruz!






Meyre Kal, Bimba (Produções) e Helen Lima (cantora Banda Alfaya)

Fotos: Thuane Maria