terça-feira, 29 de março de 2011

Salve Salvador - 462 anos!


Em homenagem a cidade de Salvador e seus 462 anos postamos vídeo-foto da canção de Robertinho Lago "Maré Cheia", gravada com a voz de Meyre Kal à época na Nova Banda - década de 90. SALVE SALVADOR!!!

Música: Maré Cheia
Nova Banda
Voz: Meyre Kal
Composição : Robertinho Lago

Sou de mar de maré
De maré cheia
Tô de bem com a vida
É bom pisar na areia
Sou de mar de maré
De maré cheia
Tô de bem com a vida
É bom pisar na areia
Te levo meu amor
E aja coração
O mundo todo tá na mão
Viver de fantasia (poesia)
Tem que teu um dia
pra cima toda emoção
Água de cheiro chegou
É maravilha é amor
Abençoada agora eu sou (vou)
Salve minha mãe e meu pai
Quem axé nunca cai
Salve, salve Salvador
Salve, salve Salvador
E salve, salve Salvador
Salve, salve Salvador...

segunda-feira, 28 de março de 2011

Locutor da Santa Cruz FM Fal Silva deixa saudades!


O locutor sorriso “Fal Silva”, integrante da equipe da Rádio Santa Cruz FM era uma pessoa super solícita e bem humorada. Segundo a fala de Meyre Kal “era um cara 10”!
No último dia 25 de março de 2011, precisou seguir aos desígnios do destino e viajou para o plano espiritual.
Familiares, amigos e ouvintes sentirão a sua falta!

As palavras seguintes fazem parte da frase escolhida por Fal, para o seu perfil no site da Rádio Santa Cruz: “Só é vencido aquele que admite a si mesmo que está derrotado, tenha sempre Deus no Coração e viva como se fosse morrer amanhã”

Paz profunda Fal Silva!

sexta-feira, 25 de março de 2011

O show "Operárias da Arte" apresenta as divas de Cruz das Almas num mesmo palco hoje!

O Palco da Fundação Cultural Galeno d’Avelírio reapresenta nesta sexta-feira, 25 de Março de 2011 o show "Operárias da Arte", esta apresentação marca a abertura da temporada 2011 da Casa da Cultura de Cruz das Almas. O show conta com músicos e cantoras cruzalmenses, e vai fazer uma justa homenagem a grande cantora soteropolitana de nascença e cruzalmense de alma, Alba Regina.

Na última terça-feira (22/03), os ensaios estavam a todo vapor. Os músicos faziam os últimos ajustes; Geysa Coelho, Cássia Maria, Ravah Assis e Meyre Kal além de ensaiarem, admiravam e emocionavam-se com a linda voz de Alba, que também vinha às lágrimas pela emoção da expectativa de reencontrar o palco.

Nesta edição, o show terá algumas alterações no repertório, mais canções serão executadas, e também presenciaremos o encontro de duplas e trios no palco da Galeno d’Avelírio. Um encontro que promete é a apresentação de Alba, Cássia e Meyre cantado juntas!

Meyre Kal, Cássia Maria, Geysa Coelho, Sandra Senna, Ravah Assis, Ura e Alana Sena no "Operárias da Arte" em 2010

Programação
20h - Abertura da Exposição Esculturas, de Zé Fernand’s
21h - Apresentação das sambadeiras do Grupo Rarikeine
21h30 - Show Operárias da Arte com cantoras locais. Homenagem especial à cantora Alba Regina
Local : Casa da Cultura Galeno d'Avelírio - Rua XV de Novembro, 56 - Cruz das Almas – Bahia
Data: 25/03/2011 (sexta-feira)
Entrada franca

terça-feira, 22 de março de 2011

22 de março – Dia Mundial da Água



História do Dia Mundial da Água

O Dia Mundial da Água foi criado pela ONU (Organização das Nações Unidas) no dia 22 de março de 1992. O dia 22 de março, de cada ano, é destinado a discussão sobre os diversos temas relacionadas a este importante bem natural.
Mas porque a ONU se preocupou com a água se sabemos que dois terços do planeta Terra é formado por este precioso líquido? A razão é que pouca quantidade, cerca de 0,008 %, do total da água do nosso planeta é potável (própria para o consumo). E como sabemos, grande parte das fontes desta água (rios, lagos e represas) esta sendo contaminada, poluída e degradada pela ação predatória do homem. Esta situação é preocupante, pois poderá faltar, num futuro próximo, água para o consumo de grande parte da população mundial. Pensando nisso, foi instituído o Dia Mundial da Água, cujo objetivo principal é criar um momento de reflexão, análise, conscientização e elaboração de medidas práticas para resolver tal problema.

No dia 22 de março de 1992, a ONU também divulgou um importante documento: a “Declaração Universal dos Direitos da Água” (leia abaixo). Este texto apresenta uma série de medidas, sugestões e informações que servem para despertar a consciência ecológica da população e dos governantes para a questão da água.

Mas como devemos comemorar esta importante data? Não só neste dia, mas também nos outros 364 dias do ano, precisamos tomar atitudes em nosso dia-a-dia que colaborem para a preservação e economia deste bem natural. Sugestões não faltam: não jogar lixo nos rios e lagos; economizar água nas atividades cotidianas (banho, escovação de dentes, lavagem de louças etc); reutilizar a água em diversas situações; respeitar as regiões de mananciais e divulgar idéias ecológicas para amigos, parentes e outras pessoas.

Declaração Universal dos Direitos da Água

Art. 1º - A água faz parte do patrimônio do planeta.Cada continente, cada povo, cada nação, cada região, cada cidade, cada cidadão é plenamente responsável aos olhos de todos.

Art. 2º - A água é a seiva do nosso planeta.Ela é a condição essencial de vida de todo ser vegetal, animal ou humano. Sem ela não poderíamos conceber como são a atmosfera, o clima, a vegetação, a cultura ou a agricultura. O direito à água é um dos direitos fundamentais do ser humano: o direito à vida, tal qual é estipulado do Art. 3 º da Declaração dos Direitos do Homem.

Art. 3º - Os recursos naturais de transformação da água em água potável são lentos, frágeis e muito limitados. Assim sendo, a água deve ser manipulada com racionalidade, precaução e parcimônia.

Art. 4º - O equilíbrio e o futuro do nosso planeta dependem da preservação da água e de seus ciclos. Estes devem permanecer intactos e funcionando normalmente para garantir a continuidade da vida sobre a Terra. Este equilíbrio depende, em particular, da preservação dos mares e oceanos, por onde os ciclos começam.

Art. 5º - A água não é somente uma herança dos nossos predecessores; ela é, sobretudo, um empréstimo aos nossos sucessores. Sua proteção constitui uma necessidade vital, assim como uma obrigação moral do homem para com as gerações presentes e futuras.

Art. 6º - A água não é uma doação gratuita da natureza; ela tem um valor econômico: precisa-se saber que ela é, algumas vezes, rara e dispendiosa e que pode muito bem escassear em qualquer região do mundo.

Art. 7º - A água não deve ser desperdiçada, nem poluída, nem envenenada. De maneira geral, sua utilização deve ser feita com consciência e discernimento para que não se chegue a uma situação de esgotamento ou de deterioração da qualidade das reservas atualmente disponíveis.

Art. 8º - A utilização da água implica no respeito à lei. Sua proteção constitui uma obrigação jurídica para todo homem ou grupo social que a utiliza. Esta questão não deve ser ignorada nem pelo homem nem pelo Estado.

Art. 9º - A gestão da água impõe um equilíbrio entre os imperativos de sua proteção e as necessidades de ordem econômica, sanitária e social.

Art. 10º - O planejamento da gestão da água deve levar em conta a solidariedade e o consenso em razão de sua distribuição desigual sobre a Terra.
Fonte: http://www.suapesquisa.com/datascomemorativas/dia_mundial_da_agua.htm

sexta-feira, 18 de março de 2011

PERSONALIDADE CRUZALMENSE - Padre Manoel Filho


Coordenador da Pastoral de Comunicação da Arquidiocese de Salvador (PASCOM), padre Manoel Filho, recebeu em Junho de 2010, na Câmara Municipal do Salvador, o título de cidadão soteropolitano.
Manoel de Oliveira Filho nasceu em Cruz das Almas (Ba). Em 1986 veio morar na capital baiana, graduou-se em História na UCSal. E cinco anos depois, entrou para o seminário, sendo ordenado padre em 2000.
Assumiu diversas funções na igreja até descobrir a vocação para as comunicações. É considerado um padre moderno e criativo. Padre Manoel tem um ótimo relacionamento de amizade com alguns artistas, a exemplo dos cantores Manno Góes e Vania Abreu.
Alguns anos atrás ele foi convidado a participar das vinhetas de programação de final de ano da Rede Globo de Televisão, que mostrava exemplos de pessoas que faziam a diferença como seres humanos, foi visto em rede nacional.
Atualmente Padre Manoel é também Delegado Episcopal da Região Pastoral Ascensão do Senhor (CAB – Centro Administrativo da Bahia).

quinta-feira, 17 de março de 2011

Joelma, Tita, Angela, Patrícia, Gil, Danny, Tito – grandes nomes do Backing Vocal Baiano

Marcelo, Patrícia e Tito (Backing Vocals de Ivete)

Grandes bandas e artistas da Bahia não dispensam nas suas apresentações e gravações o acompanhamento de vozes que embelezam e preenchem as suas músicas. Os backing Vocals são profissionais de suma importância, e que dão um grande suporte para as vozes principais. Alguns preferem trabalhar com o coro (seria um backing mais bem elaborado, com a divisão das vozes). De uma forma ou de outra, o certo é que a profissão tem sua importância e emprega muitos profissionais.

Selecionamos alguns artistas que tem em seu currículo musical a atuação como backing vocals e com quem trabalharam:

Ivete Sangalo - (Lui Muritiba)
Daniela Mercury - (Gilberto Gil, Ricardo Chaves, Bloco Eva)
Carla Visi - (Cid Guerreiro e Trio Dodô e Osmar)
Cláudia Leite - (Daniela Mercury e Cia do Pagode)
Aline Rosa - (Déa Lessa)
Carla Cristina - (Jau Peri)
Ana Mametto - (Cláudia Leite)
Fredd Moura da banda Voa Dois - (Netinho)
Vânia Abreu - (Gerônimo, Jorge Zarath, Netinho e Banda Cheiro de Amor)
Meyre Kal – (Tânia Luz e Nairzinha)
Alvinho da Mr. João (Netinho)
Daniela Tourinho (Daniela Mercury)
Ivana Dantas (Daniela Mercury)
Mariene de Castro (Carlinhos Brown, Márcia Freire e Timbalada)
Andrea Costa Lima (Banda Beijo com Gilmelândia)
Danny Nascimento (Daniela Mercury)

Patrícia Sampaio, Rose Alvaia, Tita Alves, Paulinho Caldas, Angela Lopo, Renan Ribeiro, Dalmo Medeiros, Andréa Caldas, Gil Alves, Jorge Zárath, Fleury Ramos e Maurício (Cheiro de Amor), Tito Bahiense, Luciano Calazans, Débora e Alessandra (Terra Samba), Oscar Torres, Luciana Cirne, Renan Ribeiro, Carlinhos Marques são alguns nomes que trabalham como backings em gravações ou em shows.

Muitas bandas ainda têm seus vocalistas que fazem vozes principais em algumas músicas, e o backing ou o coro para as canções que são interpretadas por outros colegas.

Patrícia Alvaia é uma cantora que merece destaque na nossa fala. Ela trabalhou com o cantor Netinho, com a banda Cheiro de Amor (tanto na época de Carla Visi, quanto no retorno de Márcia Freira) e ainda com Margareth Menezes. Patrícia é irmã da cantora Rose Alvaia (que também fez backing para Ivete Sangalo e Cláudia Leite). Com a saída da cantora Márcia Short da Bamdamel, Patrícia Alvaia a substituiu, juntando-se à Alobened Airam e Joka Barreto, e deixou sua voz registrada como principal em canções do CD Mãe Preta. O maior sucesso da Bamdamel na voz de Patrícia foi “A Flor do Olodum”.
Patrícia Alvaia (Bamdamel)

Já o maior destaque vai para a linda voz da cantora Joelma Silva, dentre a sua lista está Bândabah, Márcia Short, Tonho Matéria, Daniela Mercury, Carlinhos Brown e Cláudia Leite. Joelma Silva é irmã do guitarrista e diretor musical Gerson Silva, que hoje trabalham juntos na banda da cantora Cláudia Leite.
Joelma antes de enveredar pelo ramo do backing foi vocalista da Banda Oliveira, e foi substituída por Meyre Kal. Essa troca de vocalistas para a Oliveira deixou uma grande amizade entre as duas cantoras, que passaram também a fazer pequenos trabalhos juntas.
Daniela Mercury e Joelma Silva cantado "Dara" – Farol da Barra - 2008

quarta-feira, 16 de março de 2011

Rede Líder de Publicidade – Patrimônio Cultural

O Sistema Comunitário Rede Líder de Publicidade, fundado pelo radialista e comunicador Silvestre Caldas na década de 70, em 2010 recebeu o título de Patrimônio Cultural. A iniciativa e força vieram dos vereadores da cidade de Cruz das Almas, em especial a Drª Lenina e a Advogada Drª Rilza. A Rede Líder completa em 2011, 35 anos de serviço ao município e é uma verdadeira escola formadora de radialistas, comunicadores, locutores e repórteres da região. Entre alguns nomes da radiodifusão “filhos” da Rede Líder destacamos Silvio Caldas, Oton Silva, Val Cruz, Hildete Teixeira e a até a própria Meyre Kal.
Em 2010, Marcelo, representa a Rede Líder ao receber o prêmio Evidência Empresarial

terça-feira, 15 de março de 2011

Portal Sua Arte na Rede


Um local onde artistas independentes e produtores das mais diversas vertentes podem divulgar seus trabalhos e também relacionarem-se.

Acesse: http://suaartenarede.com.br/

segunda-feira, 14 de março de 2011

Meyre Kal em shows no Mês da Mulher – 2011

A Casa da Cultura Galeno D’Avelírio reapresentará o show “Operárias da Arte” na sexta-feira, dia 25 de março, com a presença das cantoras de Cruz das Almas Alana Sena, Cássia Maria, Geysa Coelho, Meyre Kal, Ravah Assis, Sandra Senna e Ura. Na edição de 2011 a cantora Alba Regina será homenageada e fará também uma participação especial.

Já no dia 20 de março, o projeto Março Mulher na Cidade Planalto realizado pela Secretaria de Políticas Especiais do Município, movimenta a Praça Senador Themístocles com shows, serviços gratuitos de beleza e saúde serão oferecidos às mulheres. Meyre Kal, Alana Sena e Rogério Lima são as atrações.

Em homenagem as mulheres, apresentamos abaixo um vídeo da canção “Mulher Primazia”, composta por Beto Jamaica e gravada pela voz da grande cantora Márcia Short (à época na Bamdamel). Em 2009, os cantores Alobened Airam, Robson Moraes e Marcia Short reuniram-se no projeto Cor de Mel (relembrando as épocas de ouro da Bamdamel) e fizeram uma série de shows. O registro abaixo foi feito no Centro Histórico de Salvador, na praça da Cruz Caída do Pelourinho.

quarta-feira, 2 de março de 2011

Carnaval da Percussão 2011

Este ano o Carnaval de Salvador tem como tema a percussão, e homenageia todos os percussionistas. Estes músicos têm um trabalho de grande valia, pois além de proporcionarem alegria, ritmo, dança e ginga para as bandas e artistas, muitos realizam trabalhos sociais que têm suma importância para muitas comunidades pobres e desprovidas de privilégios, que através da música conseguem enxergar no horizonte a realização de sonhos. Muitos jovens conquistam sua dignidade e sustentabilidade financeira através dos instrumentos percussivos.

Carlinhos Brown e Vovô do Ilê são alguns dos mestres que levam a percussão a sério através de grupos como a Timbalada e o Ilê Aiyê, ou outros como o Olodum, Araketu e Banda Didá fazem a música e o aprendizado serem agentes modificadores de muitas vidas.

Nomes ainda como Emerson Taquari, Marcos Suzano, Gustavo de Dalva, Mônica Millet, Peu Meurray, Gabi Guedes, Orlando Costa, Márcio Victor, Fábio Obrian, Wilson Café, Cara de Cobra, Binho Cunha, Dito Regis, Lucas de Gal, Leonardo Reis e Rudson Daniel não podem ser esquecidos.

Neguinho do Samba, Ramiro Musotto, Fabrício Scaldaferri (Banda Eva) e Hebe (percussionista cruzalmense) são profissionais que deixaram saudade e marcaram suas passagens pela música e pelo que se propuseram a fazer, com muito amor e dedicação.

Além de Hebe, que deixa muita saudade, Meyre Kal trabalhou com alguns percussionistas que merecem destaque, dentre eles: Binho Cunha, Fabrício Salomão, Junior Oliveira (Pica Pau), Cesar Ribeiro, Vavá e Joelson.

O Nosso Salve à Todos os Percussionistas!

O encontro de Brown e o Olodum

ENTÃO, NESTA FESTA CARNAVALESCA, INDEPENDENTE DE BOTAR AS MÃOS PRA CIMA E TIRAR OS PÉS DO CHÃO, OU CRUZAR OS BRAÇOS E DEIXAR OS PÉS NO CHÃO... PARA TODOS QUE VÃO CANSAR OU DESCANSAR, UM ÓTIMO CARNAVAL!