quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Cantora e Educadora Alba Regina - história na música, radiodifusão e na educação de Cruz das Almas

15 de outubro é o Dia do Professor e para registrar a passagem deste dia com glórias, postamos a seguir parte da linda trajetória de Alba Regina, uma mulher de forte personalidade e doce voz, que dedicou grande parte da sua vida a educação de crianças e jovens, embalou os corações apaixonados das noites em bares e eventos de Cruz das Almas e encantou ouvintes de programas de rádio na década de 90.

Alba Regina da Silva Azevêdo, este é o seu nome de batismo, recebido em 21 de Dezembro na cidade onde nasceu, Salvador. Filha de um português e de uma soteropolitana, Alba começou a cantar ainda na infância acompanhando seu pai quando tocava flauta em casa.

Por conta de viagens profissionais do marido, a família precisava sempre mudar de cidade, dessa forma a cantora Alba Regina apresentou-se em vários estados do Brasil, chegando em 1978 a Cruz das Almas, após o nascimento da terceira e última filha.

Logo começa a sua trajetória na educação tendo sido professora, principalmente, de Português e Ciências; lidou também com direção e coordenação. Fundou a escola infantil “O Peralta”. Atuou como professora e, por vezes, pedagoga em várias outras escolas e colégios de Cruz das Almas. Emociona-se hoje, ao lembrar que contribuiu com a formação de tantas crianças e jovens, onde muitos destes atualmente são grandes profissionais das mais diversas áreas de atuação. Costuma lembrar com muito carinho das histórias e momentos vividos com seus alunos. O compromisso com a formação educacional foi tão significativo para Alba, que mais tarde veio a tornar-se uma Conselheira Tutelar e pôde continuar lutando pela defesa dos direitos das crianças e dos adolescentes.


Alba Regina com seus colaboradores no pátio da Escola Infantil O Peralta

Com sua perfeita dicção e entonação vocal, o convite para atuar como comunicadora em rádio foi inevitável, dessa forma Alba Regina, agora como radialista, participou da programação da rádio Panorama FM (hoje Liderança Sat). Fez vários programas, dividiu os microfones da rádio com outros locutores do grupo e deixou sua linda voz marcada nos assuntos jornalísticos, informativos e musicais para os ouvintes da Pan FM na década de 90.


Em 1974 Alba na Argentina, ocasião em que também visitou o Paraguai e o Uruguai

Sempre apaixonada pelo canto, Alba Regina cantava serestas em bares, eventos abertos ao público ou particulares. Arrepiava as pessoas ao imprimir toda a emoção na sua maneira ímpar de interpretar as canções e entoar os versos melódicos de grandes compositores. Acompanhada por músicos da cidade, deixou sua marca registrada nas lindas noites musicais da Cidade Planalto. Leva consigo a eterna gratidão para com a pessoa que a introduziu no mundo da música.

Este é um pequeno trecho da história da cantora, radialista e educadora Alba Regina, uma mulher que, acima de tudo, sempre demonstra muito carinho àquilo que faz, tanto é, que conseguia conciliar as três profissões em concomitância e com muito esmero. Mostra-se capaz de envolver com muito amor seu canto, seus alunos, seus amigos, seus ouvintes e seus filhos e netos. Deixa em todos a saudade e a vontade de vê-la novamente nos “palcos da vida”!

Nenhum comentário:

Postar um comentário